Paciente de 102 anos se recupera da Covid-19 e tem alta do hospital em Cruz Alta

Marina Canto Jobim precisou ser internada e fazer uso de oxigênio, mas deixou a hospitalização 12 dias depois. Médica diz que atendimento precoce contribuiu para o sucesso no tratamento.

Marina Canto Jobim, uma idosa de 102 anos, é uma das poucas pessoas que testemunhou duas pandemias: da gripe espanhola, no século passado, e do coronavírus. Esta, ela pode dizer que venceu diretamente, já que teve alta após 12 dias internada com Covid-19 no Hospital Regional Santa Lúcia, em Cruz Alta, no Noroeste do estado.

A idosa ganhou muitos aplausos quando deixou a internação. A fragilidade é apenas aparência. Segundo a equipe médica e os familiares, ela sempre demonstrou força de vontade em continuar vivendo e retornar à antiga rotina.

“Eu vejo como um renascimento da minha mãe, porque, quando eu vi a minha mãe na sala de atendimento, com a pressão baixando cada vez mais e quase entrando em coma, eu achei que não voltava pra casa. Mas graças a Deus a missão dela é essa. É mostrar para o mundo, mostrar para as pessoas que tem uma grande chance de sair dessa, de vencer”, observa a filha, Luísa Jobim.

De acordo com a médica infectologista Paula Librelotto, que cuidou dela, a recuperação rápida da paciente só foi possível devido ao diagnóstico precoce da doença.

“Ela procurou atendimento médico nos primeiros dias de sintomas. Tinha febre, dor de garganta, a família observou também que ela tinha uma certa confusão mental. Prontamente levaram ao nosso hospital, foi detectado que ela já necessitava fazer o uso de oxigênio, ficou internada por 12 dias e teve alta”, relata.

G1

Total
3
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Morre Dom Henrique Soares, bispo de Palmares, vítima da covid-19

Next Post

Anhanguera registra acidentes graves na noite deste domingo (19)

Related Posts