Após polêmicas, PM youtuber Gabriel Monteiro perde porte de arma

O policial militar Gabriel Monteiro, que é youtuber e um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL) no Rio de Janeiro, disse, por meio das redes sociais, que foi informado nesta quinta-feira (05/03) que perdeu o porte de armas. Além disso, ele deve ser expulso da corporação.

“Acabo de ser informado que não tenho mais porte de armas, estou no processo da expulsão da PM porque questionei o Coronel Ibis, ex-comandante-geral da PM, por ter forte contato nas áreas do Comando Vermelho“, escreveu.

O policial ainda reclamou da atitude da corporação: “É chocante lutar contra a corrupção, está me expulsando da PMERJ”, tuitou Monteiro, compartilhando imagem do processo.

O youtuber ainda divulgou um vídeo dizendo que está sendo ameaçado pelo Comando Vermelho e corre risco de ser morto.

Menina Agatha
Gabriel ganhou visibilidade na política do Rio de Janeiro causando polêmicas ao produzir vídeos no mesmo estilo do youtuber e deputado estadual Arthur do Val (DEM-RJ), do Mamãefalei.

Estudante de direito, ele quase foi expulso da Polícia Militar por faltar o serviço para atuar em manifestações do MBL. Em setembro do ano passado, ficou marcado por agredir um jovem durante o enterro da menina Agatha Félix, de 8 anos.

Com informações de Metrópoles

Total
11
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

São Paulo e Corinthians perdem chances e clássico termina empatado

Next Post

Tatá Werneck exibe exercício da filha: “Humilha meu sedentarismo”

Related Posts