Bia Doria diz que não se deve doar marmitas para moradores de rua

Bia Doria diz que não se deve doar marmitas para moradores de rua porque eles gostam de ficar nas ruas: ‘É um atrativo’

Declaração foi dada em entrevista à socialite Val Marchiori e publicada em uma rede social na quinta-feira (3); Assessoria da primeira-dama diz que fala foi tirada de contexto e que intenção é estimular acesso a abrigos públicos.

Bia Doria, mulher do governador de São Paulo João Doria (PSDB), declarou em entrevista à socialite Val Marchiori que não se deve doar marmitas para moradores de rua porque “as pessoas gostam de ficar na rua” e elas “têm que se conscientizar e sair dessa situação”.

Gravado no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, o vídeo da entrevista foi publicado em uma rede social na noite de quinta-feira (2), e se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta sexta-feira (3). Inúmeras instituições divulgaram notas de repúdio sobre a fala da primeira-dama.

“Mas olha, falando dos projetos sociais, algo muito importante é assim: as pessoas que estão na rua, não é correto você chegar lá na rua e dar marmita e dar porque a pessoa tem que se conscientizar que ela tem que sair da rua. Porque a rua hoje é um atrativo, a pessoa gosta de ficar na rua”, afirma Bia Doria.

Uma pesquisa da Prefeitura de janeiro deste ano revelou que a população de rua cresceu 53% nos últimos quatro anos, chegando a 24 mil pessoas. Bia cita esse número, que diz ser “muito grande”. Ela é presidente do Conselho do Fundo Social de São Paulo e está à frente do Fundo Social de Solidariedade com projetos como Alimento Solidário e Inverno Solidário.

Via G1

Total
6
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Jundiaí ultrapassa 200 óbitos por Covid-19

Next Post

Coronavírus: Shopping SerrAzul traz exame por 150 reais a partir deste sábado

Related Posts