Cresce o número de animais resgatados à beira de rodovias na região de Jundiaí

Cerca de 10 bichinhos são resgatados diariamente pela Associação Mata Ciliar com ferimentos. Número aumentou após a volta do movimento nas rodovias devido à flexibilização da economia.

O número de animais resgatados nas rodovias da região de Jundiaí aumentou após a volta do movimento nas rodovias devido à flexibilização da economia. Cerca de 10 bichinhos são resgatados diariamente pela Associação Mata Ciliar com ferimentos, principalmente à beira das rodovias.

Entre os animais encontrados recentemente estão um bicho-preguiça, um gambá e um filhote de onça parda de apenas três meses que trata de um trauma psicológico, pois foi resgatado ao lado da mãe dele, que não resistiu a um atropelamento.

Outro bichinho resgatado foi um cachorro do mato, que recebeu tratamento e foi solto em uma região segura. Além disso, uma raposa se recupera de um acidente. Macacos também se recuperam de traumas sofridos na associação e, devido a isso, não poderão voltar à natureza.

“Por se parecer com um rato, as pessoas querem matar [o gambá] e às vezes perseguem, mas não é nada disso. O gambá é o maior predador de carrapatos que existe e de muitos insetos também, então ele ajuda a equilibrar esse ecossistema. Todo mundo reclama que está cheio de insetos, carrapatos…o gambá ajuda”, diz a veterinária Jessica Paulino.

“Os animais, principalmente atropelados, perdem membros, como uma perna, um braço, às vezes uma cauda, e muitas vezes não voltam. Outros têm problemas neurológicos e precisam ficar em cativeiro para o resto da vida”, explica.
Os moradores que encontrarem animais à beira da rodovia ou em algum ponto da cidade podem ligar para a Guarda Municipal pelo telefone 153.

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Menino de 2 anos diagnosticado com Covid-19 se recupera e tem alta após 13 dias internado

Next Post

Novo ciclone atinge Santa Catarina

Related Posts