Após o desabamento de uma pousada turística em construção, 36 pessoas foram mortas e 23 feridas no Camboja, disseram autoridades no domingo (05). Seis crianças e 14 mulheres estão entre os mortos.

Equipes de resgate durante operação na sexta-feira (3) em Kep, no Camboja — Foto: Tang Chhin Sothy/AFP
Equipes de resgate durante operação na sexta-feira (3) em Kep, no Camboja — Foto: Tang Chhin Sothy/AFP

A pousada desabou na sexta-feira (03) na cidade costeira de Kep, cerca de 160 km a sudoeste da capital, Phnom Penh, e a operação de resgate durou dois dias.

Ken Satha, governador de Kep, disse que os donos do prédio, um casal cambojano, foram detidos para interrogatório.

O Camboja está passando por um boom de construção para atender um número crescente de turistas e investidores chineses.

O colapso ocorreu seis meses após a morte de 28, quando um canteiro de obras de propriedade chinesa desabou na província de Preah Sihanouk. Sete pessoas foram acusadas de homicídio involuntário.

Cão é retirado nos escombros do prédio no Camboja — Foto: Tang Chhin Sothy/AFP
Cão é retirado nos escombros do prédio no Camboja — Foto: Tang Chhin Sothy/AFP

Com informações G1

0206

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Mundo