Doria diz que vídeo de mulher pisoteada causa repulsa. PMs são afastados

Segundo o governador de São Paulo, é “inaceitável a conduta de violência desnecessária de alguns policiais”

Os policiais militares que aparecem no vídeo pisando no pescoço de uma mulher negra, em Parelheiros, Zona Sul de São Paulo, foram afastados. Em perfil do Twitter, o governador do estado, João Doria (PSDB), comentou o caso e disse que as “cenas causam repulsa”.

Segundo o tucano, é “inaceitável a conduta de violência desnecessária de alguns policiais”.

A vítima é uma comerciante de 51 anos, viúva, que tem cinco filhos e dois netos. Na ocasião, os agentes abordavam um grupo de pessoas em bares e restaurantes que estavam proibidos de abrir na capital. O estabelecimento da mulher, que não teve a identidade revelada, estava aberto. Um cliente que havia parado o carro com som alto na frente do bar estava incomodando os vizinhos do local e, por isso, a polícia foi chamada.

Total
5
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Isolado há seis dias, Bolsonaro deve repetir teste de covid nesta semana

Next Post

Hospital Municipal Nossa Senhora Aparecida recebe doação de 3 mil litros de álcool etílico 70%

Related Posts