Fundo Social de Jundiaí abre inscrições para cursos gratuitos de qualificação profissional

Além da idade mínima, o aluno deverá ter o ensino fundamental completo e ser residente em Jundiaí. Não poderão participar alunos matriculados em outros cursos em andamento.

O Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí (SP) abre, nesta quarta-feira (8), inscrições para cursos gratuitos de qualificação profissional.

Além da idade mínima, o aluno deverá ter o ensino fundamental completo e ser residente em Jundiaí. Não poderão participar alunos matriculados em outros cursos em andamento. Veja o cronograma:

Unidade móvel de produção alimentícia

  • Manhã: curso de confeitaria – 20 vagas (16 anos)
  • Tarde: salgados para festa – 20 vagas (16 anos)
  • Noite: panificação básica – 20 vagas (16 anos)

Unidade móvel de hospitalidade

  • Tarde: bartender – 20 vagas (18 anos)
  • Noite: higiene e manipulação de alimentos – 20 vagas (16 anos)

As inscrições são presenciais e, por isso, é preciso ir pessoalmente ao

Fundo Social, que fica dentro do Parque da Uva, com acesso pela Avenida Dona Manoela Lacerda de Vergueiro, s/n, portão 03, bairro Anhangabaú.

O horário das matrículas será das 13h30 às 16h30, no dia divulgado. As senhas oficiais serão entregues por ordem de chegada, a partir das 13h30, por um funcionário do Funss, e distribuídas até o preenchimento de todas as vagas.

No momento da inscrição é preciso apresentar originais do RG e CPF ou da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e comprovante de residência. Para comprovar a residência no município, a pessoa deve apresentar um dos seguintes documentos em seu nome:

  • Carnê de IPTU de Jundiaí;
  • Declaração de residência atualizada e emitida pela Unidade Básica de Saúde (UBS) ou pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) em que o interessado seja cadastrado;
  • Conta de água, luz, telefone, internet ou TV a cabo.

O Fundo Social de Solidariedade também aceita comprovante de residência em nome do pai, da mãe ou do cônjuge do interessado. Neste caso, também será preciso apresentar as seguintes originais:

  • RG ou certidão de nascimento: quando o comprovante estiver em nome dos pais;
  • Certidão de casamento: quando o comprovante estiver em nome do cônjuge;
  • Contrato de locação: quando o contrato estiver em nome do aluno;
  • Contrato de locação + certidão de casamento: quando o contrato estiver em nome do cônjuge.

Serão aceitos, conforme quantidade de vagas, os primeiros inscritos que cumprirem os requisitos acima. Casos pontuais poderão ser analisados pela diretoria e dúvidas sobre a documentação também poderão ser esclarecidas por telefone ou diretamente na unidade. Inscrições excedentes ficarão em lista de espera e poderão ser convocadas em caso de desistência prévia.

Os cursos são resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Jundiaí, por meio do Fundo Social de Solidariedade, e o Centro Paula Souza, por meio da Qualificação Básica, Formação Inicial e Continuada de Trabalhadores (QBFIC).

Os módulos serão realizados nas unidades móveis, adaptadas e preparadas para receber os alunos em aulas teóricas e práticas. As carretas ficarão estacionadas dentro do Parque Comendador Antônio Carbonari, o Parque da Uva. O acesso será pelo Fundo Social.

Os cursos terão início no dia 13 de janeiro (segunda-feira) e terminarão no dia 3 de fevereiro (segunda-feira). As turmas matutinas ocorrerão das 8h às 12h. No período da tarde, os encontros serão das 13h às 17. Já à noite, o horário será das 18h30 às 22h30. Informações pelos telefones: (11) 4521-2762, 4521-2929 e 4521-6833.

Com informações do G1

Total
2
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Fumaça dos incêndios na Austrália chega ao Rio Grande do Sul trazida por vento

Next Post

Bruna Marquezine esbanja sensualidade em cliques na cama

Related Posts