Guarda de Itupeva recupera máquinas roubadas

Na madrugada deste domingo (31), uma quadrilha com 10 homens fortemente armados invadiu a sede de uma empresa de terraplanagem, no bairro da Mina, em Itupeva, fazendo três empregados como reféns por várias horas.

Eles foram amarrados e confinados em um banheiro sobre a mira de armas de fogo.

Por volta das 6 horaa, os indivíduos partiram levando duas máquinas de grande porte utilizadas em terraplanagem.

Na sequência, os empregados conseguiram se libertar e contataram o gerente de Segurança Municipal, Jair Gomes que, prontamente, informou o fato ao controlador da corporação, que rapidamente posicionou todas as viaturas em serviço, e partiram para a empresa.

Durante a ação, também foi determinado pelo encarregado do dia que fosse contatadas as GCM’s das cidades vizinhas, para que realizassem pesquisas junto ao sistema OCR (monitoramento por câmeras as quais compõem o muro virtual).

Pouco tempo depois do início das diligências, os empregados teriam sido socorridos, informando como teria ocorrido o roubo, bem como os “modus operandis” utilizados pela quadrilha.

Com empenho de todas as guarnições, do controlador e apoio da GCM de Cabreúva, a ação obteve êxito em localizar as duas máquinas no interior de uma chácara no bairro do Guacuri, destacando a perspicácia da equipe de MTR’s (Grupamento de motocicletas da GCM de Itupeva), na qual perceberam rastros de óleo sobre o asfalto, que seriam dos maquinários.

“É de grande valia ressaltar que foi de essencial valor o fato de ter a disposição o sistema OCR, o qual indicou o trajeto que as máquinas haviam tomado, desde o momento do roubo até a localização das máquinas”, disse o gerente de Segurança Municipal, Jair Gomes.

Durante a ação, também foi determinado pelo encarregado do dia que fosse contatadas as GCM’s das cidades vizinhas, para que realizassem pesquisas junto ao sistema OCR (monitoramento por câmeras as quais compõem o muro virtual).

Pouco tempo depois do início das diligências, os empregados teriam sido socorridos, informando como teria ocorrido o roubo, bem como os “modus operandis” utilizados pela quadrilha.

Com empenho de todas as guarnições, do controlador e apoio da GCM de Cabreúva, a ação obteve êxito em localizar as duas máquinas no interior de uma chácara no bairro do Guacuri, destacando a perspicácia da equipe de MTR’s (Grupamento de motocicletas da GCM de Itupeva), na qual perceberam rastros de óleo sobre o asfalto, que seriam dos maquinários.

“É de grande valia ressaltar que foi de essencial valor o fato de ter a disposição o sistema OCR, o qual indicou o trajeto que as máquinas haviam tomado, desde o momento do roubo até a localização das máquinas”, disse o gerente de Segurança Municipal, Jair Gomes.

Total
3
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Pai de Whindersson mostra botinha: ‘Guardei para meu 1º neto’

Next Post

Casal é preso em Campinas por manter menino de 11 anos preso dentro de um barril

Related Posts