Guedes diz que ‘não há dinheiro’ para manter auxílio em R$ 600

Guedes diz que ‘não há dinheiro’ para manter auxílio em R$ 600

Ministro da Economia disse que criação de imposto de base ampla pode “acabar” com o IPI e reduzir preço dos itens da linha branca

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (5), durante a participação no JR Entrevista, que o governo estuda manter o pagamento do auxílio emergencial até o fim do ano. Ele, no entanto, admite que “não tem dinheiro” para que as parcelas adicionais sejam de R$ 600.

“O auxílio emergencial tem uma camada de dois ou três meses de proteção, que estão equacionados. Agora nós temos esse tempo para planejar daqui até o fim do ano”, explicou Guedes.

Nas últimas semanadas, o presidente Jair Bolsonaro tem comentado que cada uma das parcelas do auxílio emergencial custa R$ 50 bilhões aos cofres públicos. “Queremos atender o povo, mas com muita responsabilidade”, disse o presidente em uma das oportunidades.

Total
7
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Governo diz que vai comprar 1ª vacina aprovada contra a covid-19

Next Post

Secretário afastado por dar tapa em jovem sofre tentativa de homicídio

Related Posts