Homem tenta matar inquilinos em Jundiaí

Locador atropela casal por causa da dívida de aluguel

Guardas municipais de Jundiaí prenderam neste domingo (21), no Jardim Novo Horizonte (divisa com o Almerinda Chaves), um motorista de ônibus fretado, de 33 anos, acusado de tentar matar um casal, por meio de atropelamento, porque eles moraram em sua casa de aluguel e não pagaram mensalidades dos últimos meses de pandemia do Coronavírus.

Ele disse para os guardas municipais que podiam prendê-lo e tinha consciência de que agiu “muito errado”.

Confusão

Os guardas contaram para a delegada Renata Yumi Ono, do Plantão da Polícia Civil, que foram acionados pelo Controle de Operações Táticas (COT) de que havia uma discussão em residência na Estrada Municipal do Varjão, altura do número 4.000.

Quando os guardas chegaram ouviram do motorista que ele queria da vizinha os seus pertences que o ex-inquilino havia deixado na residência dela. Contou para os guardas que o inquilino não pagou vários meses de aluguel e teria deixado no interior da casa da vizinha uma TV e uma geladeira, que eram dele.

Com autorização da mulher os guardas entraram na residência e não encontraram os equipamentos.
A mulher disse que o ex-morador da casa ao lado tinha deixado apenas gaiolas de passarinhos e duas caixas de som, para serem guardadas e que vinha buscá-las.

Os guardas orientaram o locador a ingressar com ação na Justiça.
Daí, voltaram a fazer patrulhamento pelo bairro do Jardim Novo Horizonte.

Atropelamento

Minutos depois de deixarem o local da discussão, com as partes prometendo resolver a questão, os guardas municipais foram acionados novamente pelo COT do 153 para irem até a avenida Francisco Roveri, na divisa do Novo Horizonte com o Almerinda Chaves, para atender novo caso de briga envolvendo esse motorista de ônibus de fretado. Agora com os antigos inquilinos que ele encontrou na rua.

Quando os guardas chegaram viram a vítima, de 39 anos, ferido e com fraturas expostas no joelho e no pé, além do braço.

A vítima contou que o dono do imóvel onde morou o atropelou várias vezes com um Ônix e a sua mulher também estava ferida e foi socorrida por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Novo Horizonte.

Já a vítima foi socorrida pelo SAMU ao Hospital São Vicente de Paulo.
Diante da situação o acusado recebeu voz de prisão em flagrante por tentativa de homicídio e encaminhado para o Plantão Policial.

Ele negou que tenha tentado matar o casal. Disse que houve briga, troca de socos e apenas se defendeu. O único problema que teve anteriormente com a Polícia foi uma agressão à mulher e que não está com seu comportamento em ordem por depender do uso de medicamentos fortes.

Notícias do Jornal da Região

Total
3
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Mãe de bebê que caiu de prédio em Jundiaí agradece a Deus por seu filho estar vivo

Next Post

Coronavírus: Funcionários de frigorífico em Cabreúva fazem protesto

Related Posts