Justiça do Trabalho determina a circulação de 50% da frota dos ônibus da Rápido Luxo

Na tarde desta quinta-feira (14) uma sentença da Justiça do Trabalho determinou a circulação de 50% dos ônibus da empresa de transporte intermunicipal Rápido Luxo durante a greve dos funcionários que ocorre na região de Jundiaí.

De acordo com a sentença, a medida deve ser cumprida com urgência. Caso o sindicato não cumpra essa determinação, será aplicada uma multa de R$ 1 mil por dia e por cada trabalhador que não cumprir a ordem.

A empresa faz as linhas intermunicipais entre Jundiaí e as cidades de Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Itupeva e Cabreúva (SP).

Motivo da greve

Segundo o sindicato da categoria, a paralisação foi realizada devido a troca do convênio médico da empresa.  Como não houve nenhum acordo ate a noite da quarta-feira (13), os trabalhadores se reuniram na garagem da empresa na manhã desta quinta e não saíram com os coletivos.

Segundo a assessoria de imprensa da empresa Rápido Luxo Campinas, o novo plano de saúde é mais abrangente que o anterior.

A empresa também ressalta que antes de ser feita a troca, a concessionária mostrou o novo plano ao sindicato e foi aprovado.

Com informações do G1

Total
1
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Transporte Escolar: Protocolo de Volta às Aulas é tema de capacitação em Itupeva

Next Post

Aluna de Autoescola é reprovada após derrubar muro durante prova de direção

Related Posts