Mulher é presa por matar marido com óleo quente

Suspeita se apresentou à polícia na noite de segunda (9), em São Paulo, onde estava com familiares; segundo investigações o crime foi motivado por ciúmes

Uma mulher foi presa, nesta segunda-feira (9), acusada de matar o marido com óleo quente. O crime ocorreu em fevereiro, em Deodoro, na zona norte do Rio.

A suspeita se apresentou às autoridades de São Paulo, na noite de ontem (9), depois que os agentes do Rio descobriram que ela estava na casa de parentes que moram na cidade. De acordo com a polícia, ela não quis prestar esclarecimentos, mas afirmou ter agido movida por ciúme e por medo de ser agredida pelo marido.

O segurança Gilmar Emílio da Silva, de 49 anos, teve 44% do corpo queimado e morreu após sofrer duas paradas cardíacas. A esposa fugiu após o crime.

Em entrevista, o delegado responsável pelo caso afirmou que a mulher já foi encaminhada para o Rio de Janeiro e vai aguardar o término das investigações.

Total
13
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Cachorro fica irreconhecível ao brincar na lama com amigos

Next Post

Homem morre após cair em moedor de carnes em fábrica de salgados

Related Posts