Mulher que abandonou bebê em obra diz que engravidou após ser estuprada

A mulher que abandonou a filha recém-nascida em uma obra em Cristalina, no Entorno do Distrito Federal, contou à Polícia Civil que engravidou após ser estuprada. Ela recebeu alta do hospital municipal nesta semana, prestou depoimento e foi embora.

Segundo o delegado Juliano Campestrini, a criança está sob cuidados da assistência municipal do município.

“Ela informou que a gravidez era, de fato, indesejada e não queria a criança, tendo em vista que ela é fruto de um abuso sexual ocorrido em outro estado. Diante disso, ela optou por esconder a gravidez”, disse o delegado.

De acordo com o delegado, com a apuração prévia do abuso sexual, é preciso ter cautela para delimitar a conduta da mãe. O caso de estupro será investigado.

A bebê foi encontrada na manhã de domingo, 9, por uma moradora do bairro Jardim Planalto, em Cristalina (GO). A recém-nascida foi resgatada por policiais militares que patrulhavam o local, ela estava sem sinais vitais e precisou ser reanimada pelos militares.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Itupeva tem mais de 19 mil pessoas com a vacinação da Covid-19 incompleta

Next Post

Pai não vacinado perde temporariamente direito de ver filho no Canadá

Related Posts