Pai não vacinado perde temporariamente direito de ver filho no Canadá

Um pai canadense que não foi vacinado contra a covid-19 perdeu temporariamente o direito de ver seu filho, de 12 anos.

Um juiz determinou que a visitação paterna neste momento não seria “o melhor” para a criança.

A decisão, ocorrida no final do mês passado, veio após um pedido do pai para que seu tempo de visitação fosse estendido durante o período de festas de fim de ano.

O julgamento é o primeiro caso de perda de direitos do tipo por motivos de imunização de que se tem notícia no Canadá, segundo o jornal local Le Devoir.

O juiz determinou que não é “o melhor para a criança ter contato com o pai”, diante do recente aumento de casos de covid-19 na região canadense de Québec.

A província, que acumula o mais alto número de mortes por covid-19 no Canadá, anunciou no início deste mês que vai cobrar um “imposto de saúde” das pessoas não vacinadas.

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Previous Post

Mulher que abandonou bebê em obra diz que engravidou após ser estuprada

Next Post

Calor aumenta nos próximos dias no estado de São Paulo

Related Posts