Pedreiro pula no rio e salva bebê que despencou de ponte em MG

A menina Ana Júlia estava no colo quando a mãe escorregou na lama, a filha caiu no rio e o pedreiro apareceu para resgatá-la.

O pedreiro João Marinho foi o anjo da guarda que apareceu na hora certa para salvar uma bebê de 7 meses que despencou do alto de uma ponte e caiu em um rio de Minas Gerais.

A mãe caminhava com a filha sobre a ponte quando escorregou e deixou a criança cair.

Por sorte o pedreiro aposentado passava pelo local, pulou na água e resgatou a bebê.

Ana Júlia foi encaminhada a um hospital e teve apenas arranhões pelo corpo.

Um verdadeiro herói

O pedreiro João Marinho tem 60 anos e está sendo chamado de herói em Mutum.

Ele não tem todos os movimentos do braço direito, resultado de um problema de saúde, e mesmo assim se atirou na água para salvar a criança.

João salvou a pequena Ana Júlia na última terça, 21 e virou notícia em Minas Gerais pela coragem e determinação.

Escorregou na lama

O jornal Estado de Minas publicou originalmente a história e mostrou que foi o desespero da mãe, que estava com a filha no colo na ponte sobre o Rio São Manoel, que chamou a atenção do João Marinho.

Durante a travessia, a mulher escorregou na lama e viu a filha despencar no rio.

A mãe começou a gritar e chamou a atenção do João Marinho, pedreiro aposentado que estava nas proximidades do rio São Manoel.

Sem pensar duas vezes, o homem pulou na água.

Felizmente deu tudo certo

Os dois passam bem

A menina foi resgatada da água sem ferimentos graves.

Ana Júlia foi encaminhada ao Hospital de Mutum. Após exames, os médicos constataram que ele teve apenas pequenos arranhões.

Ela e nosso herói João Marinho passam bem.

Ele teve cãibras após salvar a bebê, mas foi ajudado por outras testemunhas e deixou o rio sem ferimentos.

João, você salvou a Ana Júlia e o nosso dia também! Obrigado!!!!

Com informações do Estado de Minas

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Previous Post

Enteado mata o padrasto a paulada em festa de Natal em Jundiaí

Next Post

Professor pede desculpas sobre ocorrido e diz que objetivo era divulgar peça sobre racismo

Related Posts